Cantagalo dobra o número de vagas para estacionamento rotativo

492 Visitas | RSS

Na última segunda-feira, 3 de agosto, a Secretaria de Defesa Civil e Trânsito de Cantagalo conseguiu chegar ao dobro do número de vagas de estacionamento rotativo se comparado ao número oferecido em outubro do ano passado, quando o sistema passou a funcionar de forma experimental na Rua Maestro Joaquim Antônio Naegele, com oito vagas. Em dezembro, o sistema passou a ser definitivo. Agora, são 22 vagas no total.
De acordo com a secretaria, são seis novas vagas criadas na Rua Chapot Prevost, que, em maio deste ano, passou a funcionar em mão única (sentido Centro-Avenida Rodolfo Tardin). Com a alteração realizada, a rua proporcionou a criação de 18 novas vagas de estacionamento, das quais seis foram convertidas, a partir desta semana, em estacionamento rotativo, a chamada ‘Zona Azul’.
Outras cinco vagas de estacionamento rotativo foram criadas no início da Rua Getúlio Vargas, próximo à rodoviária municipal, sentido Praça Zilda Estorani Guzzo-Centro, somando-se a um segundo ponto já existente na mesma rua, na altura do número 77, próximo à 153ª Delegacia Legal.
O secretário de Defesa Civil e Trânsito, Ademir Ortega, explicou que a Rua Chapot Prevost também recebeu nova sinalização de trânsito, tanto vertical quanto horizontal. Quanto à ‘Zona Azul’, o secretário explica que essas áreas são identificadas por placas, além do meio-fio pintado de azul.
– O objetivo da Secretaria de Defesa Civil e Trânsito é dar maior mobilidade ao trânsito e a oportunidade de estacionamento aos motoristas que necessitam trafegar pela cidade, além de ser uma reivindicação antiga dos comerciantes locais, que conseguem oferecer estacionamento rápido aos clientes. Neste primeiro momento, as novas vagas estão sendo fiscalizadas pela Guarda Municipal, com intuito de que os motoristas cumpram as determinações para o uso da vaga, ou seja, tempo máximo de 30 minutos com o pisca alerta ligado. Porém, os motoristas que estão sendo flagrados sem o devido cumprimento ainda não estão sendo autuados, estão sendo advertidos apenas e orientados quanto ao correto uso da vaga. Nas vagas antigas (as primeiras implantadas da Zona Azul), os veículos que não cumprem as determinações estão sendo autuados – explica o secretário.